“Ronald Reagan? The actor?”

Reagan discursa em Berlin Ocidental. O vidro atrás dele era à prova de balas. Precaução contra possíveis atiradores em Berlin Oriental.

Vinte e um anos atrás, em 12 de junho de 1987, Ronald Reagan discursou para uma multidão de 20 mil pessoas em Berlin Ocidental. Em frente ao Portão de Brandenburgo, ainda atrás do muro, em outro país, num pedido enérgico ele disse uma das frases mais famosas da Guerra Fria: “Mr. Gorbachev, tear down this wall!“.

Foi um momento de triunfo para Reagan. E quando ele morreu, em 2004, as revistas Time e Newsweek estamparam em suas capas a mesma foto de Reagan em frente ao Portão-Muro. Não é Churchill em “Aces High” do Iron Maiden, mas comparável ao “Ich bin ein Berliner” de Kennedy, 24 anos antes.

Goste-se ou não de Reagan (e em Berlin Ocidental, no dia anterior à visita, um protesto anti-EUA reuniu 25 mil pessoas), “Tear down” é um discurso que ficou na história. Na época, com exceção de alguns protestos da agência soviética Tass, o texto quase passou em branco. Depois de sete anos de presidência, Reagan já era uma figura menor, em parte pelo escândalo Irã-Contras. Mas as palavras foram ganhando importância com o queda do muro dois anos depois.

O discurso, assim como o famoso pedido a Gorbachev, foi escrito por Peter Robinson, na época redator da Casa Branca (que tem uma tradição de redatores talentosos, sendo o ex-colunista do New York Times Wiliam Safire o mais famoso). Ele conta mais sobre a elaboração do texto e a visita de Reagan na página do Arquivo Nacional dos EUA.

Anúncios

Tags: , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: