A man’s library is a sort of harem

Tem sebo novo em Curitiba. O nome é Kapricho, e está muito bem localizado na rua Comendador Araújo 432 (o último número está faltando na fachada), Centro/Batel, quase na esquina com Brigadeiro Franco, num local onde antes funcionava uma revistaria e papelaria. Já conta com bom acervo, e a seção de livros de guerra é impressionante: dezenas de volumes ilustrados sobre armas, uniformes militares e aviões que pertenceram a um colecionador paulistano recentemente falecido. As seções de literatura e artes também são interessantes, ainda que não estejam adequadamente organizadas (primeiro nome do autor não dá certo). O ponto parece ser uma garantia de que o sebo vai ter bastante rotatividade de material – o que, infelizmente, não é regra em muitos sebos da cidade, em especial os da região do Largo da Ordem. O atendimento também é bom.

Os preços não são nenhuma maravilha, mas são mais baixos que os praticados por outros sebos. Há, claro, alguns livros somente um pouco mais baratos que os vendidos em megastores. Com origem em Londrina, o Kapricho também é “primo” do Sebo Líder, instalado na Emiliano Perneta – e que pratica os preços mais absurdos de Curitiba, independente dos livros serem tranqueiras sem valor ou terem origem em uma ponta de estoque. Vale lembrar que o Líder, embora tenha dado sinais de que pretendia explorar desde o começo, não era o tubarão que é hoje. Portanto, é melhor ficar atento ao Kapricho.

Comprar pela internet nunca vai substituir o prazer de “caçar” livros em estantes, mas tem a vantagem de proporcionar uma comparação de preços. Depois de várias tentativas frustradas de conseguir desconto no Sebo Líder, prometi que nunca mais colocaria os pés no estabelecimento. Ao Kapricho vale a pena dar uma chance.

Livros adquiridos no Kapricho:

“Churchill´s War” – David Irving
“A Destruição de Dresden” – David Irving (Sei que Irving é um maldito anti-semita incurável, mas parte de seu trabalho não contaminado tem valor. “Destruição” (1963) foi o primeiro livro de Irving e um sucesso editorial; já “Churchill´s” (1987) é de uma fase em que o autor já estava bastante desacreditado.)
“The Rise and Fall of the British Empire” – Lawrence James
“Imperium” – Ryszard Kapuściński (Faz anos que este livro está fora de catálogo – recentemente comprei “A Guerra do Futebol” do mesmo autor.)
“Por que o Ocidente Venceu” – Victor Davis Hanson
“Mistério à Americana” – vários autores
“The Papacy” – Paul Johnson
“O Golem” – Isaac Bashevis Singer
“Inimigos, Uma História de Amor” – Isaac Bashevis Singer

Anúncios

Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: