Ol’ Blue Eyes no azul do Pacífico

Filme curioso que passou no Cinemax hoje: Os Bravos Morrem Lutando (None But The Brave, 1965). Foi a única (e mal-sucedida) experiência de Frank Sinatra na cadeira de diretor. A história é similar à Inferno no Pacífico, embora a produção seja quatro anos mais velha que o filme de John Boorman. Na Segunda Guerra, um bando de marines se vêem isolados numa ilha paradisíaca ocupada por um punhado de japoneses e, para sobreviver, são obrigados a fazer uma trégua com seus inimigos. Um verdadeiro repositório de clichês do gênero, None But The Brave se salva em parte pela bela fotografia (que contrasta com cenários de estúdio pouco convincentes). Também é o primeiro trabalho do compositor John Williams no cinema (creditado como um pouco sério Johnny Williams), ainda que a trilha sonora pouco inspirada não demonstre que ele fosse se destacar tanto. Coisa de produção conjunta nipo-americana, os efeitos especiais ficaram a cargo do japonês Eiji Tsubaraya, o mesmo daquelas engraçadíssimas maquetes dos filmes da série Godzilla. O então genro de Sinatra, o cantor Tommy Sands, também está no filme, interpreta um tenente e consegue ser pior ator que o canastrão Clint Walker, o astro do filme. Sinatra arranjou para si o papel de um médico bêbado, que, entre um gole e outro, realiza uma amputação num soldado japonês que mais parece uma aula sobre esterilização de instrumentos cirúrgicos. Um filme que já devia ser ruim na época de lançamento – mas uma peça curiosa – e que também demonstra como os filmes pacifistas sempre envelhecem mal.

Anúncios

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: